Em memória da minha MÃE

Quando ontem partiste…

Quando ontem partiste
E fiquei para sempre só
Inventei a palavra Esperança
Por entre a chuva, o pó

Quando ontem partiste
Sem tempo para dizer adeus
Encontrei a Eternidade
Perdida em sonhos meus

Diz-me apenas que existe o céu
Que a vida não acaba aqui
Que morrer vai ser acordar
De novo junto a ti

Diz-me apenas que existe o céu
Que o fim não começa aqui
Que há uma estrada para voltar
De novo para ti

Quando ontem partiste
E a terra se abriu para ti
Encontrei uma estrela mais
Na noite que senti

(excerto da letra de uma canção dos Gemini)

1 Comentário

Filed under Sem categorias

One response to “Em memória da minha MÃE

  1. Anonymous

    Tudo na vida, é inesperado. Por vezes, as pessoas que mais amamos, e que nos deram sempre uma vida boa e cheia de alegrias, partem para uma vida diferente. Normalmente, sao as pessoas que mais nos fizeram feliz e que sempre olharam por nós. Um dia chegará a nossa vez. Mas até lá, viveremos com a esperança de um dia as voltarmos a ver. Os nossos sentimentos , Adriana, Pedro Malarmey e Soraia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s