Antecedentes da crise de 1929

Jornalista: – Que lhe parece a situação económica e financeira dos Estados Unidos? Há quem julgue que a situação actual, de aparência muito brilhante, o desenvolvimento constante da produção, patente em quase todas as estatísticas, a subida contínua dos valores (da Bolsa) na Wall Street não podem aguentar-se por muito tempo e que uma crise brutal estalará proximamente.
P. Reynaud: Não poderá tratar-se de uma crise violenta. (…) De qualquer modo, julgo no entanto que se prefigura uma crise nos Estados Unidos. Algumas fontes de riqueza estão paradas. Os agricultores lamentam-se, a indústria têxtil atravessa dificuldades. (…) “Por outro lado, a alta contínua dos títulos da Bolsa desenvolve o gosto pela especulação.”
Entrevista de P. Reynaud, publicada no Jornal Temps,
15 de Outubro de 1929

Deixe um comentário

Filed under Sem categorias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s